sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Dados genéticos do fungo dos freixos foram publicados



Os primeiros dados genéticos do fungo mortífero que ameaça os freixos na Europa foram disponibilidades on-line e abertos à análise da comunidade científica internacional. 

O fungo (Chalara fraxinea) mortífero para os freixos e que atualmente ameaça uma grande parte das árvores do Reino Unido, tem agora parte do RNA sequenciado, revelando informação sobre a propagação da doença que provoca.

Trata-se dos primeiros dados genéticos deste fungo e foram publicados on-line por investigadores britânicos, como forma de cativar apoio da comunidade científica internacional na análise dos dados preliminares.

O objectivo essencial a longo prazo é determinar como é a doença provocada pelo fungo e qual a sua origem no Mundo. No entanto, estes primeiros dados genéticos, obtidos em semanas, permitem já clarificar alguns pontos de interesse e representam o primeiro passo para identificar os mecanismos de produção da doença. A abordagem é idêntica à utilizada no caso do surto de E. coli, no ano passado, que permitiu os investigadores identificar a origem na Alemanha e a propagação da infecção.

O RNA do fungo analisado é obtido a partir dos galhos das árvores afectadas pela doença e que aparece misturado com o RNA da planta. 

A doença foi originalmente observada em 1992, na Polónia, e desde essa altura propagou-se por diversos países europeus, tendo sido confirmada no Reino Unido em 2012.

Fonte: Nuno Leitão/BBC
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares